Março 22, 2018

Tarot

Tarot

Tarot – Origem e conceito

O Tarot é um processo místico por via do qual se produzem oráculos. A origem do Tarot é incerta, sendo que se perdeu no horizonte dos tempos. Algumas fontes advogam que a sua origem remonta ao Antigo Egipto, sendo que outras dizem que na verdade terá tido origem na Europa aquando das invasões árabes, e outras mesmo centram o surgimento desta pratica no Sec XVII/XIX como uma forma de jogo palaciano para entretimento de salão entre a aristocracia.

Seja como for, o procedimento que o Tarot usa para produzir oráculos, encontra-se retratado na Bíblia, o que faz pressupor que há mais de 5.000 anos que esse método é praticado, fosse com dados, fosse com lanças ou pedras. E que método é esse?

A Bíblia refere-se diversas vezes ao «lançamento de sortes» como forma de obter respostas de uma divindade. Eis alguns exemplos desse facto:

Os homens lançam dardos para tirar a sorte, mas a sentença vem de Deus

Provérbios 16,33

depois disseram uns aos outros: «vamos deitar sortes para ver quem é o culpado desta desgraça que nos esta a acontecer». Tiraram sortes, e ela caiu sobre Jonas

Jonas 1,7

Em seguida, fizeram esta oração a Deus: «Senhor, Tu conheces o coração de todos. Mostra-nos qual destes dois escolheste para ocupar, no serviço do apostolado, o lugar que Judas abandonou para seguir o seu destino». Então tiraram á sorte entre os dois. E a sorte recaiu sobre Matias, que foi juntado ao número de 11 apóstolos.

Atos Apóstolos 1,24-26

Ora, o Tarot obedece a esse mesmo método que se encontra descrito na Bíblia, ou seja, através de um jogo de sorte, (as cartas), que são tiradas ao acaso, (por isso: «lançamento de sorte»), obtém-se respostas oraculares sobre o passado, o presente e o futuro.

Cada carta do tarot chama-se «arcano», as etimologias do termo advêm do latim «Arcanu», que significa «secreto», ou «segredo profundo», ou «mistério», ou «oculto». O Tarot tem por isso a função de desvendar aquilo que esta oculto. Há quem defenda que isso significa na verdade que o Tarot, (tal como a astrologia), tem a finalidade de revelar as energias, forças e influencias espirituais, (invisíveis e ocultas), que se estão manifestando nas nossas vidas e fazendo-nos assim entrar pelos rumos de vida em que nos encontramos, e em que nos encontraremos.

Ao faze-lo, o Tarot revela as grandes tendências que se estão manifestando na vida de uma pessoa,

revela o conjunto de forças espirituais que estão atuando sobre a sua existência, e permite dessa forma revelar verdades espirituais

e desenhar um mapa dos rumos que se podem tomar de forma a evitar a dor, a angustia, o tormento, a perda, optando por rumos que levam á harmonia, paz, felicidade e vitoria.

No séc. XVIII, Court de Gébelin (1725-1784) realizou estudos em que era sugerido que o Tarot remontava ás tradições místicas do Antigo Egipto, sendo que segundo a sua tese, oTarot provinha do conhecimento secreto dos mistérios do Antigo Egipto, sendo que os seus 22 arcanos encontravam correlação com os símbolos presentes no Livro de Thoth.

No Sec XIX, o grande ocultista Eliphas Levi (1810-1875) foi o primeiro a estudar profundamente e a sistematizar o Tarot, revelando que os seus 22 Arcanos maiores na verdade correspondiam ás 22 letras do alfabeto hebraico, e assim tinham uma estreita relação com os caminhos e forças espirituais

presentes na “arvore de vida” dos hebraicos. Assim foi possível entender que os arcanos do Tarot contem em si representações das forças e influencias espirituais que atravessam as nossas vidas, podendo-nos por isso ajudar a encontrar os bons rumos e facilitar-nos as escolhas que levam aos nossos desejos.

Este mesmo principio de correspondência entre o Tarot e a Cabalah Hebraica, foi trabalhado pelo místico Papus (1865-1916) e mesmo por Aleister Crowley (1875-1947), nos seus trabalhos esotéricos e mágicos

Atualmente, em virtude dos trabalhos explorados pelos grandes místicos do sec XVI o sec XIX, podemos de forma clara entender as intimas relações existentes entre o Tarot, a astrologia, a numerologia e a Cabalah.

Sobre o Tarot

A totalidade das cartas do Tarot são setenta e oito:
22, são os arcanos maiores.
56, são os arcanos menores.

Os naipes são quatro: Pentagrama (ouro). Taças (copas). Gládios (espadas) e Bastões (paus)

Para entender melhor o funcionamento do Tarô como oráculo, é preciso saber que nele estão representados os quatro elementos do nosso planeta, com a forma dos naipes do baralho, como mostra o esquema abaixo:

Ouros ou moedas Ar
Espadas ou gládios Fogo
Copas ou taças Agua
Paus ou bastões Terra

Os Arcanos Maiores são constituídos por 22 cartas com figuras: 21 delas estão numeradas consecutivamente de 1 a 21 e existe também uma carta sem número ou com o valor zero, conhecida como o «Bobo» ou “O Louco” As 22 cartas correspondem às 22 letras do alfabeto hebraico.

Os Arcanos Maiores agrupam-se em três septenários (á exceção de O Louco) que exprimem os três âmbitos da experiência humana:

1º Septenário: reflete a pessoa na sua relação com a sociedade
2º Septenário: reflete a imagem da pessoa na sociedade
3º Septenário:  reflete a verdadeira essência da pessoa, tanto no universo interior como em relação ao mundo

 

 Os 22 ARCANOS DO TAROT

 Arcano 0 ou 22- O Louco

Aspetos Positivos:

Este arcano anuncia novos começos, novas aventuras, novas oportunidades, oportunidades ilimitadas, prazer, paixão, facilidades

Aspetos Negativos:

Se invertido, este arcano anuncia más decisões, indecisões, apatia, hesitação, escolhas erradas

Arcano I – O Mago

Aspetos Positivos:

Este arcano anuncia pessoa com qualidades de criatividade, talento; também fala sobre a força de vontade

Aspetos Negativos:

Se invertido, este arcano fala-nos de fraqueza de Espírito, insegurança, anuncia atrasos.

Arcano II – A Papisa

Aspetos Positivos:

Estes arcanos fala-nos da sabedoria, do conhecimento, de processos de aprendizagem, da intuição e do instinto, da virtude, e também pode anunciar alguma falta de paciência, bem como um(a) professor(a)

Aspetos Negativos

Se invertida, esta carta anuncia coisas que se desconhecem, ou ignorância, ou falta de compreensão, bem como adverte para egoísmo, mentiras.

Arcano III – A Imperatriz

 Aspetos Positivos:

Esta carta anuncia ação e coisas que estão a passar-se, ou em desenvolvimento; também fala de satisfação pessoal, de prazer sensual, de assuntos de abundância, de fertilidade, ou de gravidez, ou de uma Mãe/Irmã/Esposa/mulher já madura.

Aspetos negativos:

Se invertida, esta carta anuncia estagnação, ou infertilidade, ou uma mulher interferente num assunto, ou de frustração, ansiedade, indecisão e mesmo infidelidade.

Arcano IV – O Imperador

Aspetos Positivos:

Esta carta revela a liderança de um homem, e anuncia assuntos legais ou financeiros ou de documentos, uma figura masculina madura como um Pai/irmão/Marido/patrão/professor, etc. Também anuncia assuntos de saúde, ou de estabilidade na vida.

Aspetos Negativos:

Se invertida, esta carta anuncia uma figura masculina demasiadamente dominante, ou imatura, assim como revela indecisão, emoções complicadas, mesquinhez ou egoísmo ou falta de força

 Arcano V – O Papa

Aspetos positivos:

Este arcano anuncia aconselhamento por parte de alguém bom ou especializado num certo tipo de assunto, assim como sabedoria, evolução, aprendizagem, proteção, auxilio de alguém bom, aprovação nos assuntos consultados.

Aspetos Negativos:

Se invertido, esta arcano traz revelações de mentiras, falsidades, maus concelhos, intrigas, erros, impotência.

Arcano VI – os amantes ou os enamorados

Aspetos Positivos:

Esta carta anuncia sucesso no amor, paz e harmonia nos afetos, na família, assim como inícios de romance e a intensa vivência de um sentimento ou de um caso.

Aspetos negativos:

Se invertida, esta carta anuncia rompimentos, inconstância, separações, indecisões, frustração amorosa, sentimentos fracos ou abalados por algo, traições e mentiras.

Arcano VII – O Carro

Aspetos Positivos:

Este arcano anuncia viagens, mudanças, evoluções, alterações, decisões que se exigem rápidas, o querer alcançar objetivos; este arcano fala também de alguém que se encontra distante, ou a alguma distancia, seja essa distancia física ou afetiva.

Aspetos Negativos:

Se invertido, este arcano traz consigo estagnação, derrota, desvio do rumo certo, cortes nos objetivos, perdas inesperadas, insucesso e falhanço num percurso ou nuns desejos. Derrota, perdas no último minuto, falhar, falta de sucesso

 Arcano VIII – A Força

 Aspetos Positivos

Esta carta anuncia virilidade, convicção, magnetismo, força para enfrentar riscos e problemas, a determinação de alguém, força, coragem. convicção, energia, determinação, ação, heroísmo, virilidade

Aspetos Negativos

Se invertida, esta carta traduz a doença ou fraqueza, a tirania ou injusta arbitrariedade, mesquinhez, falta de fé ou falta de forças, impotência, cobardia.

Arcano IX –  O ermitã

 Aspetos Positivos

Este arcano anuncia fé, ponderação, equilíbrio, paciência, prudência, sabedoria, um período de sabia espera, ou pessoa solitária.

Aspetos Negativos

Se invertida, esta carta anuncia solidão, isolamento doloroso, imaturidade, irreflexão, atos precipitados ou impensados, impaciência e imprudência.

 Arcano X – A Roda da Fortuna

 Aspetos Positivos

Este arcano anuncia o rumo do destino, mudanças rápidas na vida, novas oportunidades, mudança de sorte, ganhos, fim de um ciclo ou de um problema, eventos inesperados, avanços e progressos.

Aspetos Negativos

Se invertido, este arcano anuncia uma mudança na sorte para mau destino, mais eventos que aparecem inesperadamente, falhas, perdas, interrupções, falências.

 Arcano XI – A Justiça

 Aspetos Positivos

Esta carta anuncia assuntos legais, documentos, acordos, questões de papeis ou financeiras, honestidade, verdade, honra.

Aspetos Negativos

Se invertida, esta carta anuncia desonestidade, falsos testemunhos, desacordos, desigualdades, intolerâncias, abusos ou injustiças, problemas financeiros ou legais. Na vida em geral, esta carta invertida traduz-se num passado carregado de negatividade e que tem implicações no presente e no futuro, assim como no amor este arcano invertido anuncia promiscuidade, ou a existência de muitas pequenas paixões.

Arcano XII – O enforcado, ou o dependurado

 Aspetos Positivos

Este arcano anuncia a inversão de uma situação, uma melhoria, uma mudança, uma alternativa.

Aspetos Negativos

Quando invertido, esta arcano anuncia dificuldades, estagnação, sacrifícios, dor, prisão, insucesso em alterar o rumo dos eventos.

 Arcano XIII – A Morte

Aspetos Positivos

Esta carta anuncia uma evolução, mudanças profundas, uma alteração, uma fatalidade, um renascimento, a morte do velho para nasça o novo.

Aspetos negativos

Perdas, mudanças negativas, enfermidade, doença

Arcano XIV – A Temperança

 Aspetos Positivos

Esta carta anuncia boas influencias, bons ventos que ajudam a chegar ao destino desejado, equilíbrio, família, associações ou parcerias harmoniosas, confiança, sucesso ou evolução de/em instituições.

Aspetos Negativos

Desconfiança, ruina em projetos ou sonhos, falências, reprovações, desequilíbrio, conflitos, apatia, mas influencias e bloqueios.

Arcano XV – O Diabo

Aspetos Positivos

Este arcano revela iluminação, espíritos positivos que ajudam, sucesso financeiro, um conjunto de situações estranhas, vitorias, emoções fortes.

Aspetos Negativos

Quando invertido, este arcano revela obsessões, o Mal, maus espíritos, bruxaria, doença, vícios, homossexualidade, abusos, divórcio, infidelidades, má pessoa.

 Arcano XVI- a Torre

Aspetos positivos

Esta carta anuncia uma rotura com situações do passado, que tem fins libertadores, significando isso que o futuro que agora se avizinha se encontra livre dos fardos e aberto ao sucesso. O fim de uma situação é assim anunciado.

Aspetos negativos

O desmoronar inesperado e súbito de algo, cortes no amor ou amizades, desastres, acidentes, falências, quedas, perdas e fins

Arcano XVII-  Estrela

Aspetos Positivos

A estrela anuncia ajudas positivas, boas presenças espirituais, boa sorte, fé, amor e almas gémeas, boa saúde.

Aspetos negativos

Se invertida, esta carta anuncia inexplicável má sorte, mas forças espirituais, sonhos que jamais se concretizam, atrasos e desequilíbrios.

 Arcano XVIII- A Lua

 Aspetos positivos

Este arcano fala-nos dos sonhos, das fantasias, dos desejos mais ocultos, da intimidade feminina, da luxúria.

Aspetos negativos

Quando invertido, este arcano fala-nos de ilusões, enganos, mas decisões, maus rumos e maus caminhos, medos, insegurança, falta de luz, desilusões, erros, perigos, magia negra ou feitiços.

Arcano XIX – O Sol

 Aspetos Positivos

Este arcano traz consigo a concretização de metas, a satisfação, o amor, a família, o casamento, a prosperidade.

Aspetos Negativos

Se invertida, esta carta fala-nos de destruição do lar, problemas na família, rumos de vida errados, maus destinos, falta de amor, falsas amizades, solidão, problemas com filhos ou familiares.

Arcano XX – O Julgamento

 Aspetos Positivos

Este arcano anuncia pagamento de dividas, libertação do passado, evolução, mudanças que conduzirão a uma vida em que justiça será feita aos merecidos desejos e ambições, promoções, recompensas, reconhecimento

Aspetos Negativos

Quando invertido, este arcano anuncia julgamentos, punições, dividas, penhoras, problema de saúde, roubos, prejuízos causados por terceiros.

 Arcano XXI – O Mundo

 Aspetos Positivos

Este arcano anuncia abertura de portas aos planos, projetos e objetivos, pessoa com muita experiência de vida, triunfos.

Aspetos Negativos

Quando invertido, este arcano anuncia derrotas, pessoa maldosa ou maquiavélica, bloqueios constantes aos planos e ambições, atrasos.